bio



achei que descobri a imagem enquanto cuidava de blogs e escrevia textos, mas, na verdade, foi desde o tempo em que a minha mãe me ensinou sobre a importância das narrativas, registrando a minha infância com uma Kodak na altura dos olhos. uma questão de tempo até que eu me encontrasse fazendo o mesmo. 


nasci e vivo em Maceió/AL, nordeste do Brasil. bacharela em Serviço Social pela UFAL (2019), em 2019 iniciei os meus estudos com a imagem, me identificando, sobretudo, com temas em torno da memória familiar e afetiva. escrevi e dirigi o meu primeiro documentário em 2021. "O lugar que somos" foi produzido de maneira independente, e recebeu dois prêmios importantes em 2023, o Prêmio Mariza Corrêa pela UNICAMP, nas Jornadas de Antropologia John Monteiro, e o Prêmio de Melhor Filme Documentário pela USP, na Mostra NUPEPA/ImaRgens. participo de ciclos de formação, eventos, nacionais e internacionais, como o Art Photography Awards pelo LensCulture (selecionada para a galeria online do evento, com a colagem Poema Maternal), e o Ni olvidadas, ni reconocidas, uma exposição presencial que aconteceu na Espanha, promovida pelo coletivo Mujeres que Cortan y Pegan (selecionada com a colagem Archanjo), além de receber três vezes o Troféu Minuto pelas criações dos vídeos "Estada" e "naquela noite".


e-mail hilaryssa@gmail.com

links photovogue / instagram / linkedin



formação e cursos complementares

2014-2019. Bacharelado em Serviço Social. FSSO/UFAL.

2015-2018. Extensão Universitária em Espanhol. FALE/UFAL.

2023. Aguda Cinema. Montagem Cinematográfica, com Tomás von des Osten.

2023. Cartografias do Narrar: experiências de inventar mundos, com Carolina Junqueira e Daniela Feriani.  

2022. Caranto Media. Documentário e Imaginação Política, com Guilherme César.

2022. Fundação Bradesco. Técnicas de Redação.

2021. Casa Guilherme de Almeida. Criação literária: crônicas, com Ni Brisant.

2021. Casa Guilherme de Almeida. Da Ideia ao Documentário, Gregório Bacic e Thiago Iacocca.

2021. Casa Guilherme de Almeida. Intensidades da Imagem Cinematográfica, com Cyntia Calhado.

2021. Casa Guilherme de Almeida. Direção de Arte no Cinema, com Ana Rita Bueno.

2019. SESC/AL. Misée-en-scène, com Nuno Balducci.

2019. SESC/AL. Exercícios de Montagem Cinematográfica, com Paulo Silver.


projetos autorais

2023. Archanjo. Fotocolagem.

2023. Estada. Zine.

2022. Estada. Curta.

2021. O Lugar que Somos. Documentário.

2021. Centro. Fotocolagem.

2020. Poema Maternal. Fotocolagem.


seleções em festivais

2023. 6º Festival e Mostra de Audiovisual do NUPEPA/ImaRgens. Documentário "O Lugar que Somos" selecionado. Online.

2023. Mostra Melhores Minutos. Experimental "Estada" selecionado. Online e presencial.

2022. Festival do Minuto. Experimental "Estada" selecionado. Online.

2022. LensCulture. Colagem "Poema Maternal" selecionada para o Art Photography Awards. Online.

2022. 13ª Mostra Sururu de Cinema Alagoano. Experimental "Estada" selecionado para a mostra oficial. Maceió/AL. Online e presencial.

2022. 17ª Mostra de Cinema de Ouro Preto. Documentário "O Lugar que Somos" selecionado para a sessão de curtas da Mostra Contemporânea. Ouro Preto/MG, 2022. Presencial.

2021. 12ª Mostra Sururu de Cinema Alagoano. Documentário "O Lugar que Somos" selecionado para a mostra oficial. Maceió/AL. Online e presencial.


publicações e trabalhos em publicações

2023. Amostradas / Várias Autoras. 1.ª ed. Maceió: Sapatilhas de Arame, 2023. ISBN 978-65-994126-6-0.

2022. CineOP - 17ª Mostra de Cinema de Ouro Preto. 1.ª ed. Belo Horizonte: Universo Produção, 2022. ISBN 978-65-86472-14-1.

2022. A Autorrepresentação de Mulheres Como Prática Fotográfica: uma etnografia visual da cena contemporânea em Maceió/AL / Tayná Almeida de Paula. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal de Alagoas. Instituto de Ciências Sociais. Maceió, 2022. CDU: 396(813.5).

2018. Reflorescência / Priscilla Luiza. 1.ª ed. Blumenau: Edifurb, 2018. ISBN 978-85-7114-252-7.


exposições coletivas

2023. Mujeres que Cortan y Pegan. Exposição coletiva "Ni Olvidadas, Ni Reconocidas". Leão, Espanha.

2023. Amostradas. Exposição coletiva realizada no Complexo Cultural Teatro Deodoro. Maceió/AL.


reconhecimentos e prêmios

2023. 6º Festival e Mostra de Audiovisual do NUPEPA/ImaRgens. Prêmio de Melhor Filme Documentário para "O Lugar que Somos".

2023. Jornadas de Antropologia John Monteiro (UNICAMP). Prêmio Mariza Corrêa na categoria Melhor Ensaio Audiovisual, para o documentário "O Lugar que Somos".

2023. Festival do Minuto. Troféu Minuto de Melhor Vídeo para "Naquela noite", no concurso A noite mais escura que eu.

2022. Festival do Minuto. Troféu Minuto de Melhor Vídeo para "Estada", no concurso Tema Livre.

2022. Festival do Minuto. Troféu Minuto de Melhor Vídeo para "Estada", no concurso É Sempre Mais Difícil Ancorar um Navio no Espaço.

2022. Revista Alagoana. Entrevista para a série "Pelas tuas palavras", com a escritora Nathalia Bezerra.

2022. Sociedade Brasileira de Colagem. Finalista do prêmio Calendário SBC 2023.

2022. IMA/AL. Pré-finalista VI Concurso de Fotografia Ambiental.


na mídia

Alagoar

site de Hyago Carlos

Revista Alagoana

Alagoas Boreal

Gazeta de Alagoas

Gazeta Web

Maragogi News

Governo de Alagoas

Museu do Agora

Mujeres que Cortan y Pegan

Femgrafía

Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa de Alagoas

Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa de Alagoas







laryssa andrade